domingo, 19 de junho de 2011

Distante...



Hoje me sinto assim, distante... distante das pessoas e mais ainda distante de mim. Em um mês tive um abscesso anal que me deixou 10 dias em casa, tomando - juntando com minha medicação - uma média de 12 comprimidos por dia, o problema melhorou, mas depois de muita dor e desconforto, o que me deixou cansado de muitas coisas. Nem 15 dias se passaram e estou saindo de uma virose que me deixou de cama por dois dias com febre, dor no corpo, dor de cabeça e diarréia. Cheguei a exaustão, confesso. Exaustão física e emocional.

Saí da casa de meus pais e de minha cidade já faz quase 7 anos, sempre correndo atrás de meus sonhos, determinado, esperançoso, confiante. Passei por vários "perrengues" sim, enfrentei até mesmo cirurgia de pedras no rim, por isso quando digo de dor e exaustão sei o que digo. Mas desde que descobri o HIV decidi me preocupar com outras coisas, afinal o susto e o choque são fortes no início. Decidi me estruturar voltando a estudar, a ter uma vida mais formal para estar mais preparado quando algo ruim viesse a acontecer... Estou indo bem na faculdade e estou gostando sim, mas é complicado... Esta semana decidi sair do meu estágio. Está me consumindo tanto na parte física como emocional. Não tenho me alimentado como deveria o que acredito ter colaborado com esses dois problemas de saúde já citados.
Quero voltar para minha casa, quero estar mais próximo da minha família, de amigos. Tenho bons amigos onde estou, bons não, excelentes, mas não devo colocar a responsabilidade neles de olharem por mim. E foi complicado estar mal e ter que fazer as coisas sozinho. Fiquei preocupado e triste...
Todas essas mudanças também me deixaram distante de quem sou, e achei que estava "ok", mas não.... sei onde encontrar minha felicidade, mas hoje fico com receio de correr tanto atrás dela... sei que não deveria, mas este receio e medo - que jamais tive- anda batendo, mas já afirmo que contra isso venho lutando com as forças que tenho. E minha esperança agora é a de talvez conseguir achar um caminho para ligar isso tudo...um caminho menos distante...

     ___________________________________________________

Para as pessoas que acompanham minha trajetória e também são soro+, gostaria de saber como é a relação com trabalho e se é realmente complicado morar sozinho enfrentando isso.

4 comentários:

Tão Pouco Histérico isso... disse...

Oi, descobri seu blog e venho acompanhando a pouco tempo. Estava a espera de um novo post para poder comentar.
Eu n sou soro+ pra poder te dar uma opinião ou conselho como vc pediu, mas quero só fazer um comentário simples.

Você pode não se dar conta neste momento atual, mas concerteza verá um dia q está fazendo o bem com o problema q vc tem.
Eu não conheço ngm pessoalmente que tenha HIV, mas acho q nem todos tem força para continuar e tirar um aprendizado desse jeito.
Ainda que suas dificuldades não possam ir embora, em um momento elas se estabilizarão e vc vai se dar conta do quão bem fez a outros. Que isso lhe conforte,e te desejo FORÇA pra dar MAIS FORÇA para outros.

Anônimo disse...

luan

comecei a acompanhar seu blog e ate ja fiz um comentario dia desses. sou o cara da esteira, lembra? kkk

sou soro+ q nem vc e trabalho normal. estou ha 11 anos no meu emprego e contei pr os meus chefes sobre a situação toda logo no inicio. eles me apoiaram, sempre.

acho q o mais importt é vc continuar com sua vd, sempre olhando o futuro. nao deixei de fazer planos. de modo algum.

mas hj cuido mto mais de mim...nao troco uma noite de sono por uma balada, nao bebo mais por causa dos remedios, me peguei pensando mais em espiritualidade e tal. nao queria ter o virus, mas tenho. mas sera q por isso vou decretar o fim da minha vd?

a resposta e simples: nao! acho q a força q tanto falam nao esta em ninguem de fora, nem em algo.

esta ai, dentro de vc. td dara certo.

cuide-se direitinho, alimente-se bem, faça exercicios, queira o melhor pr vc. pois vc merece! como todos nos ne? força ai! :-)

p.s. tenho uma vd normal viu? tenho namorado, ele sabe de td, somos sorodiscordantes e temos varios planos pr o futuro! e vou realiza-los sim! :-) pois é isso q eu quero e mereço!

Anônimo disse...

Olá, tudo bem?
Gostaria de dizer uma coisa a você: "se sua realidade muda, seus sonhos não precisam mudar".
Desejo a você força e perseverança....
Meu contato de e-mail caso queira conversar: ssfati@hotmail.com
Abraços

Anônimo disse...

Acabei de descobrir seu blog, aliás,acabei de descobrir tanta coisa... Há exatamente dois dias, me descobri soro+, minha cabeça está uma loucura, hoje é o terceiro dia trancado no quarto em lágrimas...
Há 1 ano e meio sai de casa, me mudei pra uma cidade á mil km's de distância, e hoje, sozinho, enfrento isso!
Não quero contar isso pra minha mãe, não quero voltar pra minha cidade, e contar isso me faria voltar, ou mataria ela de preocupação, mas ela não merece isso, já tem problemas de mais!
Nesses dois dias já me fiz tantos questionamentos, é tanto medo, e seu blog veio de uma forma tão linda pra me ajudar... Eu estou lendo tudinho, e a cada postagem, eu choro um pouco mais, me identifico! Parabéns pela coragem!