segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Riscos



Dia desses um amigo saltou de parapente no Rio. Fiquei me questionando o motivo das pessoas fazerem este tipo de coisa sabendo que existe um alto risco de acontecer algo grave, e percebi que isto é viver, é encarar os riscos e acreditar no que vale a pena.
Se pararmos para pensar já nascemos correndo riscos, saímos de um procedimento complicado para entrarmos no mundo. Quando deixamos de engatinhar estamos enfrentando o risco do tombo ser maior, mas ainda assim vale a pena para podermos estar de pé. Quando fazemos 18 anos e tiramos a carteira de motorista, o risco de sofrermos graves acidentes no trânsito é enorme. Amar traz o risco de sofrer. Fazer uma faculdade traz o risco de estudarmos mais a fundo um assunto sem segurança nenhuma de emprego. Uma viagem de avião, um esporte radical, uma cirurgia... somos rodeados de riscos e é isso que faz a vida andar. Viver é enfrentar esses riscos sabendo que a recompensa vale mais.

Esse é o nosso caso. Nós soropositivos trazemos um risco sim, mas que pode ser bem pequeno se feito tudo com segurança, e a recompensa... a recompensa pode ser inacreditável, pode ser um sorriso sincero, um olhar cativante e um sentimento profundo.

Ah, o salto dele foi ótimo, a vista tão incrível que ele disse que faria tudo de novo.

5 comentários:

Anônimo disse...

Fiquei surpreso com a sua linha de raciocínio.Vc deve ter aprendido coisas significativas nesse tempo.Naquela vez em que discutimos vc não parecia tão "pé no chão".Eu tenho que admitir que vc está alcançando um nível de coerência importante.Parece que o seu vigor está renascendo...Pela primeira vez eu te senti mais...seguro.Desculpe-me.É que eu estou impressionado.O texto possui tanta coerência que é quase inquestionável,afinal,trata do humano.E,como sabemos,o humano é mais sensível e mais misterioso do que podemos supor.Parabéns!

Anônimo disse...

Olá Luan,

Belíssimo texto. Acredito que fruto de uma mente extremamente madura que deseja viver plenamente cada minuto da vida, sem ficaragarrado ao medo de tudo. Afinal, como dizia Guimarães Rosa, "viver é muito perigoso!" e exige muita coragem encarar a vida de peito aberto, sem ressentimentos. Parabéns mesmo, e muito obrigado por ter me proporcionado um sentimento tão bom ao ler tais palavras. Sucesso pra ti, garoto, e, continue sempre com este olhar tão precioso sobre a vida! Grande abraço, de um grande admirador seu!
Márcio

Leticia disse...

Texto lindo, lu! Um dos seus melhores! E sigamos acreditando na recompensa! ;) Bjao!!

Anônimo disse...

Luan...
Encontrei seu blog procurando os efeitos colaterais do Kaletra, pois é também sou +, aliás somos +, explico.
Sou homem e tenho 35 anos e vivo com outro homem a 4 anos, uma pessoa maravilhosa. Também temos um grande amigo, que outrora foi nosso namorado, rsrs, (sei que é complicado de entender!)
Bem descobrimos os três juntos apartir de dores de estomago no meu parceiro, eu e meu parceiro começamos de cara a medicação o nosso amigo ainda não, espero que permaneça assim por muitos anos.
Criamos um blog para contar nossas experiências, pois foi assim que conseguimos ter força e conhecer mais sobre a doenças, pesquisando blogs relacionados ao assunto.
O seu blog foi encontrado por acaso, mas adoramos, comecei a ler hoje às 8:00 e terminei agora exatamente 12:00h e adorei te conhecer, pena que seja virtualmente, mas de qualquer forma ai vai o link do nosso blog, se poderes postar no seu agradecemos.
http://www.redescobrindovhiver.blogspot.com/
Continuaremos a esperar anciosos por posts seus.
Também temos um numero caso queira entrar em contato
92-82322000 (TIM)
UM GRANDE ABRAÇO
Hercules(esse sou eu)
Igor
Vitor

Anônimo disse...

...só para deixar nosso email:
redescobrindovhiver@hotmail.com
add ook !