segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Apreensivo





  - Você está triste?
  - Não, apreensivo!








Durante anos ouvi que eu era alguém racional e durante um bom tempo rejeitava isso. Pensava em uma pessoa racional como alguém frio e não conseguia me ver assim. Sou artista, sou sensível... Mas os anos passam e entendemos que isso não está relacionado. Aceito hoje o título de racional. De alguém que sempre pensa muito, planeja muito. Como diria minha família, não dou ponto sem nó. Quase sempre sabia o que estava fazendo e onde iria chegar.
Ultimamente escuto muito que não posso ficar ansioso, tenho que ter calma, que não posso querer resolver tudo de uma vez, que não devo pensar tanto... 
São pedidos difíceis esses. A respiração parece estar entalada. Tenho que, inclusive, pensar para respirar fundo e não controlar essa troca de ar natural. Muitas coisas acontecendo, muitas coisas para acontecer e como fico? Tudo pode melhorar... Tudo pode desabar... Não dá para não pensar. Das poucas vezes que não racionalizei eu não obtive resultados bons né (a começar pelo meu diagnóstico)... 
Ter medo? Esperança? Ansiedade? Muita coisa para controlar e com o receio de escolher algo fico assim, como em suspensão, apreensivo.
Fase. Talvez seja mais uma destes quase 3 anos. Tento um dia de cada vez. Tomara que...

Nenhum comentário: